domingo, 5 de outubro de 2014

C2 (Comando e Controle) SIMOC (Simulador de Guerra Cibernética)

Sistemas de Comando e controle para dar suporte a decisão, nesse contexto temos a Matriz de sincronização
Matriz de Sincronização (M3)
  • Sistema de Planejamento Colaborativo e Dinâmico, possibilitando a criação de planos de contingência para cenários de desvio do plano original
  • Planos são gerados com precisão de minuto
  • Acompanhamanto em tempo real do andamento das atividades do evento
  • Múltiplos acessos hierárquicos e distribuídos pela rede
  • Grande capacidade de sincronização de eventos (mais de  100 mil;
  • Geração de relatórios de desempenho
  • O Simoc foi desenvolvido inteiramente com tecnologia nacional, desenvolvido pela equipe que hoje integra a RustCon.
    Criado para treinar e simular tropas contra possíveis guerras cibernéticas , ele é uma solução pioneira de uso dual , integra ativos de redes virtuais e componentes reais.
    O SIMOC permite o acompanhamento e a avaliação de todas as atividades executadas pelos alunos em tempo real, otimizando o resultado dos treinamentos. O software disponibiliza suporte para especialização de recursos humanos em análises de vulnerabilidades de redes, permitindo a execução de ações, em ambiente controlado, de proteção cibernética e defesa ativa, além do treinamento baseado em cenários reais de catástrofes e comprometimentos de infraestruturas críticas nacionais.
    “Uma equipe formada por doutores e mestres na área de Tecnologia da Informação trabalharam exclusivamente no projeto. O aplicativo utiliza tecnologia de virtualização, que executa vários sistemas operacionais em um único equipamento, e componentes de software de código livre para atender aos requisitos identificados. Com isso, vamos gerar um produto completo no mesmo nível das principais soluções estrangeiras disponíveis no mercado. E ainda existe a vantagem de termos 100% do controle da solução”, diz Carlos Rust
    Objetivos:
    • Proporcionar suporte ao treinamento e especialização de recursos humanos para a análise de vulnerabilidades de redes de modo a possibilitar a adoção de ações de proteção e defesa ativa;
    • Treinamento baseado em cenários realistas (desastres, comprometimento de estruturas críticas, …);
    • Verificação da eficácia e eficiência das ações, através da utilização de métricas.
    SIMOC na mídia:
  • Simulador Construtivo  – Combater

    O Sistema de Simulação Construtiva Treina Comandantes e Estados Maiores nos escalões Batalhão, Brigada, Divisão de Exército e Força Terrestre Componente para aplicações em cenários simulados de Defesa Externa e Segurança Integrada no Território Nacional Brasileiro.
    A RustCon, atuando como integradora, gerencia e adequa o simulador para as doutrina militares do exército brasileiro.
    Este projeto envolve gerenciamento, construção, modelagem e também possui uma grande demanda de treinamento que será ministrado por nossa equipe para capacitar diferentes níveis de usuários do exercito brasileiro
    Combater é um sistema de simulação construtiva para simular ações de combate, apoio ao combate e de não guerra, nos níveis Subunidade (companhia, esquadrão e bateria) e Unidade (batalhão, regimento e grupo de artilharia), que permita a adaptação do sistema de acordo com a doutrina militar do Exército brasileiro.
    O Sitema Proporciona visualização de situações complexas envolvendo comportamento humano coletivo tais como guerrilha, operações humanitárias e controle de multidão. A mesma tecnologia pode ser aplicada às entidades do jogo, permitindo controle automático de nível tático, incluindo toda a gama de fatores humano na simulação como por exemplo, moral e fatiga, proporcionando resultados não-determinístico e realismo ao Jogo.
  • SEGURANÇA NACIONAL BLOG.SNB

Arquivo do blog segurança nacional