Wikipedia

Resultados da pesquisa

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Quatro terroristas estúpidos (Lions

SEGURANÇA NACIONAL BLOG

Primeiras imagens da aeronave Super Tucano, morto na zona rural de Jambaló (Cauca


SEGURANÇA NACIONAL BLOG

Força aérea da Colômbia sofre novo ataque


estadão.com.br
BOGOTÁ - Um dia depois da queda de um caça Super Tucano em uma área controlada pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), um helicóptero que transportava soldados no norte do país foi atacado nesta sexta-feira, 13, com tiros. Ninguém se feriu. No Departamento (Estado) de Cauca, onde o jato foi ao chão, homens da guerrilha deixaram sete feridos em um ataque ao povoado de Toribío.
Guerrilheiros das Farc durante confronto com Exército - Luis Robayo/AFP
Luis Robayo/AFP
Guerrilheiros das Farc durante confronto com Exército
Segundo a Rádio Caracol, o helicóptero foi atacado enquanto sobrevoava o povoado de Convención, a cerca de 700 km ao norte de Bogotá. Havia no voo também deputados da Assembleia Legislativa de Santander. Não está claro se o voo conseguiu chegar ao destino final ou teve de fazer um pouso de emergência.
Em Cauca ao menos sete pessoas ficaram feridas e 30 casas foram destruídas em uma incursão das Farc em Toribío. "O mais grave não é o ataque e si. Estamos há tempos pedindo às autoridades que reavaliem sua estratégia militar", disse o prefeito de Corinto, Oscar Quintero. "Nós acabamos pagando a conta."
Centenas de indígenas manifestaram-se na quinta-feira em Toríbio, perto de onde foi encontrado o Super Tucano, contra a presença militar na região. Eles derrubaram antenas de comunicação e destruíram trincheiras em protesto.
O presidente Juan Manuel Santos prometeu ainda se reunir com lideranças indígenas do sudoeste colombiano, área de atuação das Farc, que protestam contra as frequentes incursões militares em seu território, mas rejeitou retirar as tropas de lá. "Também estamos cansados de guerra, mas não podemos, por nenhum motivo, desmilitarizar nosso território", disse
De acordo com o prefeito, o Departamento de Cauca é historicamente controlado pelas Farc por ser uma zona geográfica com fácil acesso a diversas áreas do sul da Colômbia. No ano passado, um posto do Exército em Corinto foi atacado pela guerrilha.
Resgate
Em Bogotá, a Força Aérea da Colômbia (FAC), recebeu os corpos dos militares mortos na queda do Super Tucano, de fabricação brasileira. As Farc, que dizem ter derrubado o caça, e o Corpo de Bombeiros de Cauca, no sudoeste do país, entregaram os corpos ao Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV)
"Os restos mortais dos dois tripulantes foram entregues pela Cruz Vermelha às autoridades de Popayán", disse o CICV por meio de comunicado.
O Super Tucano caiu na quarta-feira em Cauca durante uma operação de rotina contra as Farc. Santos disse ser improvável que a guerrilha tenha derrubado o avião e acusou o grupo de mentir para projetar uma maior influência. As Farc mostraram imagens do avião derrubado e dizem ter retirado dele armas de ataque, como uma metralhadora .50.
"A verdade é que não sabemos ainda o que aconteceu, mas é muito improvável que o avião tenha sido derrubado porque a guerrilha não tem capacidade pra isso", disse Santos.
Com AFP..SEGURANÇA NACIONAL BLOG

Brasil eleva o tom contra Assad e condena massacre em Tremseh

BRASÍLIA - O Brasil condenou nesta sexta-feira, 13, de forma veemente, o massacre ocorrido no vilarejo de Tremseh por forças sírias, na última quinta. De acordo com opositores do presidente Bashar Assad, 220 pessoas foram mortas durante o bombardeio por helicópteros e tanques de forças aliadas ao regime.O governo brasileiro, por meio de nota divulgada à imprensa, afirmou estar "preocupado" com o uso de armamento pesado contra civis e pediu que o governo sírio interrompa "imediatamente quaisquer ações militares contra civis desarmados". Além disso, o Itamaraty reiterou seu apoio às decisões da Conferência de Grupo de Ação sobre a Síria, realizada em Genebra.
"O Brasil condena veementemente a repressão violenta contra civis desarmados e recorda os compromissos do governo sírio, contidos no Plano de Paz de seis pontos do enviado especial da ONU e da Liga Árabe, Kofi Annan, de cessar imediatamente toda movimentação de tropas e o uso de armamento pesado em áreas urbanas", diz a nota.A condenação representa uma mudança importante no tom de crítica de Brasília com relação ao regime de Assad, que reprime de forma violenta a revolta popular desde março do ano passado.
Em Genebra, as potências que participaram da reunião chegaram a um acordo para tentar impor a formação de um governo de transição na Síria como forma de acabar com a violência. Mas, diante da inflexibilidade da Rússia e China, não definiram o destino do presidente Bashar Assad
estadão.com.br..SEGURANÇA NACIONAL BLOG

Anúncio de derrubada de avião requer cautela; Venezuela é alvo de suspeitas


DE BRASÍLIA

É preciso cautela ao avaliar o anúncio da inédita derrubada de um Super Tucano pelas Farc, uma vez que os narcoterroristas estão fragilizados e precisando elevar o moral de seus homens.
E propaganda melhor seria difícil, já que o modelo participou de ataques como o que matou o número 2 do grupo, em 2008.
Isso dito, há um componente intrigante no anúncio. Se realmente abateu o caça leve de ataque, do qual a Colômbia comprou 25 unidades desde 2006, isso significa que as Farc tiveram acesso a algum meio para tal.
Como canhões antiaéreos não combinam com guerrilha em coluna na selva, o candidato óbvio é um sistema de mísseis portáteis, que pode ser disparado do ombro.
Assim, os olhos se virariam para o governo de Hugo Chávez, que apoia as Farc e, incidentalmente, possui grandes estoques de SA-24 Igla-S, o mais moderno modelo russo de míssil portátil.
Os números precisos não são conhecidos, mas só em 2009 1.800 unidades foram vendidas de Moscou para Caracas, o principal cliente militar da Rússia na América do Sul. Os dados são obscuros, mas o país latino já anunciou ao menos US$ 5 bilhões em gastos com armas russas.
Já na época da venda, a diplomacia americana se mostrava preocupada com a eventual transferência dos Igla-S às Farc, segundo telegramas vazados pelo site WikiLeaks.
No ano passado, o Congresso americano ouviu de militares que as Farc, por sua vez, poderiam fazer o material chegar aos seus aliados nos cartéis mexicanos de tráfico de drogas. Naturalmente, a Venezuela descarta tais hipóteses como fantasiosas.
Os Igla-S são capazes de destruir alvos a até 3,5 km de altitude, seguindo o calor de seus motores. O Brasil opera uma variante mais antiga do modelo, com cerca de 50 lançadores em condições de uso.
Mísseis portáteis já mudaram a narrativa de conflitos no passado, como no caso dos Stinger americanos utilizados pelos guerrilheiros islâmicos no Afeganistão contra a ocupação promovida pelos soviéticos entre 1979-89.
A derrubada de helicópteros de ataque e caças de ataque ao solo é considerada fator contribuinte para a retirada de Moscou. Mas é cedo para saber seu impacto na selva colombiana.
(IGOR GIELOW) NOTIMP..SEGURANÇA NACIONAL BLOG

Satélite recém-descoberto de Plutão e a possibilidade de uma catástrofe


Foi descoberto mais um, o quinto, satélite do longínquo Plutão. É mais um motivo para os cientistas se perguntarem porque tem tantos satélites um corpo celeste de tamanho inferior à nossa Lua. Será mais um facto a favor da hipótese de um antigo cataclismo cósmico?

O satélite, com o nome provisório de P5, foi descoberto, tal como o seu antecessor P4 há um ano, numa foto feita com grande exposição pelo telescópio orbital Hubble . Transversalmente ele mede de 10 a 24 km. Os cientistas que o descobriram comparam a família de satélites de Plutão com uma matrioshka, a famosa boneca russa. As suas órbitas encaixam umas nas outras, explica Vladimir Surdin, astrofísico do Instituto Astronómico Shternberg da Universidade Estatal Lomonossov de Moscou.
“O Plutão é perfeitatamente original. Foi descoberto em 1930 e em 1978 foi descoberto o seu satélite Charon com uma massa enorme. A partir daí nós consideramo-lo um planeta duplo. Sabemos que um “servo de dois amos” ou um “agente duplo”, um espião que trabalhe para 2 países, não tem uma vida longa. Na mesma lógica, qualquer satélite que gire à volta de um planeta duplo também não pode existir por muito tempo, por isso o sistema de satélites de Plutão terá, provavelmente, aparecido há pouco tempo, numa escala astronómica. O mais provável é tratar-se de frangmentos de dois corpos que terão colidido junto a Plutão num tempo previsível, talvez há centenas de milhões de anos, o que não é muito.”
Também existe uma versão de colisão semelhante que pelo menos explica o aparecimento de Charon: o próprio Plutão podia ter colidido com um corpo da mesma ordem de grandeza. Depois parte dos fragmentos terão formado o Charon e a outra parte terá sido atraída pelos restos de Plutão, tendo mais tarde ambos os corpos obtido a forma esférica. Depois de cataclismos desse tipo poderia ter aparecido um sistema de aneis, se bem que à volta de Plutão ainda não os descobriram. Na opinião do norte-americano Andrew Steffl, podem ser encontrados aneis pálidos para além da órbita do quinto satélite de Plutão, nunca a menos de 42 mil km do centro de todo o sistema. Numa região mais próxima e instável eles seriam inevitavelmente destruidos pela gravidade alternada do planeta duplo.
Também há astrónomos partidários da versão da passagem junto ao Sol de um sistema planetário de outra estrela. Um dos seus componentes teria colidido com Plutão o que explicaria a inclinação estranha da sua órbita e a quantidade de satélites. Vladimir Surdin discorda.
“Isso é impossível. O mais provável é o Sistema Solar nunca ter sofrido a influência de outras estrelas. Se isso tivesse acontecido, nós não teríamos orbitas tão estáveis. A Terra percorre uma órbita quase circular. As colisões no espaço são um fenómeno comum, até hoje foram descobertos mais de meio milhão de pequenos corpos, chamados asteróides, no interior do Sistema Solar. Quando há tantos corpos a circular próximos uns dos outros as colisões acontecem.”
O recém descoberto P5 já foi incluido na lista dos objetos a estudar pela estação Novos Horizontes (New Horizons) da NASA. Em fevereiro de 2015 a estação estará suficientemente próxima de Plutão para iniciar as observações. Em julho do mesmo ano ela passará a 10 mil km de Plutão sem reduzir a velocidade. O período mais favorável para as fotos mais nítidas irá durar apenas dez minutos, depois do que a Novos Horizontes entrará em sequência nas zonas de sombra solar de Plutão e de Charon. Se Charon possuir uma atmosfera, como o seu consorte, isso será detetado pelos aparelhos. Segundo Vladimir Surdin, a missão do aparelho pode soerguer o véu que cobre o mistério da origem do planeta e do seu sistema.
SEGURANÇA NACIONAL BLOG

Oposição denuncia possível massacre mais sangrento da crise síria


Mais de duzentas pessoas foram mortas nesta quinta-feira no vilarejo de Tremseh, na província síria de Hama, de acordo com informações da oposição síria.Se confirmado o número de mortes, esse seria o pior massacre do conflito Sírio. Até agora o episódio com o maior número de vítimas ocorreu em maio, quando 108 pessoas morreram em um ataque contra o vilarejo de Houla.
As denúncias ainda não puderam ser verificadas por veículos de imprensa ocidentais, mas segundo o correspondente da BBC em Beirute, Jim Muir, os dois lados do conflito sírio falam em um número alto de mortos em Tremseh, embora tenham versões totalmente diferentes sobre o que ocorreu.
Segundo opositores, sobreviventes relataram que o vilarejo foi alvo de ataques de helicópteros do Exército e tanques de guerra. Membros das Shabiha, milícias contratadas pelo presidente Bashar Al-Assad, também teriam entrado em Tremseh abrindo fogo contra a população.
O Conselho da Liderança Revolucionária, um dos principais grupos de oposição na Síria, disse à agência de notícias Reuters que a maior parte dos mortos em Tremseh eram civis e que as tropas do governo estariam tentando retomar o local do controle dos rebeldes.
Já a imprensa oficial síria diz que o massacre foi organizado por grupos rebeldes para provocar uma escalada de tensões às vésperas de uma reunião do Conselho de Segurança da ONU sobre a Síria.
De acordo com estimativas da oposição, mais de 16 mil pessoas já morreram no país desde o início dos confrontos entre tropas do regime e os rebeldes, que pedem a renúncia de Assad. A ONU fala em mais de 10 mil mortos no país, desde o início do conflito, há 16 meses.
BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.
SEGURANÇA NACIONAL BLOG

Posição do Brasil em favor de sanções contra Paraguai pode ser contraditória


Lourival Sant'Anna, de O Estado de S. Paulo
ASSUNÇÃO - A posição do Brasil em favor de sanções contra o Paraguai parece estar em contradição com posições assumidas em relação à Líbia, à Síria e ao Irã. O critério segundo o qual a formalidade dos ritos não é suficiente para que o Paraguai seja considerado democrático também não parece condizente com a visão que o Brasil tem defendido a respeito da Venezuela. A incoerência pode prejudicar a projeção do Brasil no mundo.Desde o início da Primavera Árabe, primeiro com a Líbia e depois com a Síria, assim como em relação ao programa nuclear iraniano, o Brasil tem insistido na necessidade de negociar até que todas as possibilidades estejam esgotadas, e argumentado que a experiência mostra que sanções não atingem o efeito desejado. O Brasil se recusou a lançar um processo de negociação com o novo governo paraguaio. Não apoiou sanções comerciais, mas liderou a imposição de punições políticas - na forma de sua suspensão do Mercosul, da Unasul e, agora, da Organização dos Estados Americanos.
A Constituição paraguaia não foi formalmente desobedecida na destituição do presidente Fernando Lugo. Mas a democracia foi atropelada, uma vez que o presidente não teve oportunidade de defender-se e ficou claro que perdeu o mandato apenas porque não tinha apoio no Parlamento. Isso que é natural no parlamentarismo não é suficiente em um sistema presidencialista.
A premissa da posição brasileira em relação ao Paraguai é a de que a formalidade não é o bastante para que um país seja considerado democrático. Mas ao longo de uma década o Brasil tem sustentado o contrário em relação à Venezuela. O fato de haver eleições lá tem sido considerado suficiente, apesar da perseguição à oposição e à imprensa e das mudanças sucessivas na Constituição com a finalidade exclusiva de manter o presidente Hugo Chávez no poder.
Se essa interpretação for válida, a Carta Democrática impede o ingresso da Venezuela no Mercosul. Faltava o aval do Senado paraguaio, dominado por correntes anti-Lugo e anti-Chávez, para que a Venezuela fosse aceita. O Brasil e seus parceiros aproveitaram a suspensão do Paraguai para autorizar a entrada da Venezuela.
Aqueles que vêm incongruências em tudo isso podem apontar uma contaminação ideológica na política externa brasileira: Chávez, Lugo, a presidente Dilma Rousseff e seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva, são vistos como políticos de esquerda. Uma intenção de confrontar os Estados Unidos - constantemente fustigados por Chávez - e de alinhar-se com a Rússia e a China poderia ser detectada também nas posições favoráveis aos regimes do Irã, da Líbia e da Síria.

Embora a política externa seja considerada do âmbito dos Estados, e não dos governos, em geral é possível apontar incoerências ocasionadas por preferências ideológicas também noutros países. A começar pelos Estados Unidos, por exemplo, com relação ao programa nuclear israelense. Entretanto, como dizem os militares, os EUA têm o "porrete". Sua liderança está baseada em seu poderio militar e econômico.
A projeção do Brasil está fundada na sua moderação e na sua capacidade de mediar. Para isso, a coerência parece um valor central. Assim, a sua perda pode ser mais custosa para o Brasil do que para outros países.

SEGURANÇA NACIONAL BLOG

Governo começa a testar internet gratuita


CÉLIA FROUFE / BRASÍLIA - O Estado de S.Paulo
O governo quer que o setor privado ofereça internet gratuita para os usuários que acessarem os sites das empresas para fazer compras ou contratar serviços. Para isso, lançou ontem, em parceria com o governo do Distrito Federal, um projeto piloto de uso livre de banda larga. "Se muitos sites já oferecem frete grátis de seus produtos, por que não oferecer também a navegação?", questionou o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.
Ele salientou que o serviço é inédito no mundo e funciona como as ligações telefônicas para 0800, em que a cobrança é feita ao portador do número de destino da chamada. Batizado de "BL 0800", o projeto tem como alvo o usuário do telefone pré-pago, que representa 82% da base de celulares do Brasil.
Os sites que quiserem oferecer navegação livre a seus clientes terão a extensão no endereço de "0800.br". O nome do domínio, porém, ainda não está disponível para ser usado comercialmente, pois o governo ainda precisa estabelecer as regras dessa nova forma de uso da internet.
O projeto BL 0800 entra em vigor amanhã, na região administrativa de São Sebastião, em Brasília. Durante 15 dias, 80 pessoas escolhidas pelo governo do Distrito Federal poderão acessar o site governamental bandalarga.0800.br, que vai apresentar de graça notícias e informações de utilidade pública. Os escolhidos têm, segundo o governo, perfis diferentes, com diferenciação de escolaridade, idade e ocupação.
Os 80 celulares que serão distribuídos para teste estão programados para não realizar cobrança quando estiverem no site do governo. A página pode ser acessada pelos demais internautas - que serão tarifados normalmente. "Ninguém ainda fez isso no mundo, o que não quer dizer que não possamos fazer", afirmou o ministro.
Acesso à informação. Bernardo ressaltou que, com a nova lei de acesso à informação, o próprio governo tem a obrigação de oferecer navegação gratuita em seus sites. O ministro enfatizou, porém, que o objetivo principal do projeto é o setor privado. "Os bancos, por exemplo, têm condições de pagar pelo serviço. Aliás, eles preferem que a gente use apenas a internet e não vá até a agência para fazer filas nos caixas", observou.
O ministro disse que não vislumbra a possibilidade de a oferta gratuita de navegação se tornar uma obrigação. Considerou, no entanto, que é uma forma de atrair clientes. "O 0800, como sabemos, está consagrado", comparou. O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, previu que até a Copa das Confederações, em junho de 2013, o projeto estará ampliado para todo o DF.
O diretor executivo do Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil), Eduardo Levy, também enfatizou o ineditismo do programa. "Isso não existe em nenhum lugar do mundo. É uma jabuticaba, e uma jabuticaba boa", avaliou.
SEGURANÇA NACIONAL BLOG

Dilma deve batizar plataforma P-59 da Petrobras


SERGIO TORRES - Agencia Estado
RIO - Com a presença da presidente Dilma Rousseff, a Petrobras batiza às 11h da sexta-feira, no canteiro de São Roque do Paraguaçu, em Maragogipe (BA), a plataforma P-59, que atuará no poço Peroá Profundo, campo de Peroá, no litoral do Espírito Santo. A P-59 é uma plataforma auto-elevatória, que poderá perfurar poços de até 9.144 metros, em condições de alta pressão e temperatura, segundo comunicado da Petrobras.
A petroleira investiu cerca de US$ 360 milhões na construção da plataforma, "projetada para atender aos cronogramas operacionais de exploração e produção da companhia nos próximos anos e dar suporte à eventual estratégia de incorporação de novos blocos exploratórios em águas rasas, dependente ainda de leilões da ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis)".
A P-59 foi construída em São Roque do Paraguaçu, onde também está em construção a P-60, que deverá ser concluída até agosto. As obras geraram cerca de 2.100 empregos diretos no pico da construção, sendo 50% de trabalhadores do Recôncavo Baiano, 25% de São Roque do Paraguaçu, 15% de outros locais da Bahia e 10% de outros Estados.
SEGURANÇA NACIONAL BLOG

Avião da Embraer é a plataforma de fogo contra a guerrilha


O Estado de S.Paulo
Cenário Roberto Godoy
O Super Tucano que caiu em Cauca estava envolvido no esquema de sensoriamento e vigilância armada da visita do presidente Juan Manuel Santos à cidade indígena de Toribio. Na região acidentada eleva-se a cordilheira andina e nasce o rio Magdalena - o vale escarpado, coberto pela floresta, é um ótimo abrigo para os insurgentes. Melhor ainda para o uso de mísseis terra-ar disparados do ombro de um só homem. Ou para o tiro de metralhadoras pesadas .50. O turboélice produzido pela brasileira Embraer é o principal guerreiro do ar na luta contra as Farc. Coleciona bem-sucedidos ataques desde 2007 - a operação mais recente foi em setembro de 2010, quando 10 aeronaves Super Tucano apoiaram 600 soldados em terra na tomada do quartel general. Na luta, morreu o comandante Luis Suárez, o Mono Jojoy.Antes disso, em 1.º de março de 2008, um esquadrão havia lançado bombas guiadas por laser sobre o acampamento do chanceler guerrilheiro Raúl Reyes.
As armas partiram do espaço aéreo colombiano para gerar um incidente diplomático: o abrigo de Reyes estava montado dois quilômetros dentro do território do vizinho Equador. O presidente Rafael Correa ameaçou responder à invasão. Todavia, depois da mediação da diplomacia brasileira, a consequência máxima foi um bom negócio: a aviação equatoriana comprou 24 unidades do Super Tucano. A versão usada pela Força Aérea da Colômbia é a Grifo (mais informações nesta página), a mais avançada da série utilizada por sete nações. Ontem a noite, o general Tito Pinilla, comandante colombiano, relatou aos jornalistas o que considera como "vulnerabilidades do equipamento".Segundo o oficial, em um futuro programa de modernização da frota, "a inclusão de um avançado radar de abertura lateral sintética, com a capacidade de localizar alvos em terra menores que um automóvel e com precisão digital, será contemplada". Pinilla quer, também, "novas opções de armas guiadas, de maior alcance e exatidão".
SEGURANÇA NACIONAL BLOG

Arquivo do blog segurança nacional