domingo, 22 de abril de 2012

EUA concentram armas e munições em Israel


Segundo os dados do Congresso dos EUA, o exército norte-americano aumentou vertiginosamente o volume dos armamentos, munições e material bélico armazenados no território de Israel.
Um acordo sobre a criação duma reserva estratégica de armamentos, para uma situação de emergência, foi celebrado nos anos 80. E ultimamente o volume das reservas estratégicas estadunidenses aumentou 50%.
O material armazenado no território de Israel poderá ser utilizado pelo exército estadunidense em caso de guerra. Segundo o acordo, Israel também terá o direito de utilizar essas armas.segurança nacional

Irã copiará “drone” estadunidense interceptado


Militares iranianos anunciaram ter revelado os princípios do funcionamento do interceptado drone estadunidense RQ-170 Sentinel e o início da fabricação duma cópia do mesmo.
Segundo declarou o chefe do Departamento Aeroespacial da Guarda Revolucionária, os iranianos conseguiram o acesso às informações guardadas nos computadores do drone RQ-170 Sentinel. Antes, representantes oficiais dos EUA, ao reconhecer a perda do aparelho, declaravam que Teerã não teria podido utilizar as tecnologias estadunidenses, “graças às medidas de segurança”.
Anteriormente, um conselheiro do Ministro da Defesa do Irã informou que muitos países haviam pedido a Teerã informações sobre o RQ-170 Sentinel. Na “forma mais agressiva”, o interesse pelo “drone” foi manifestado pela Rússia e a China.segurança nacional

China se prepara para exercícios conjuntos com Rússia


Hoje o cruzador míssil russo “Varyag” entrou no porto chinês de Qingdao, onde no próximo futuro serão esperados navios anti-submarinos “Admiral Vinogradov”, “Marchal Chapochnikov” e “Admiral Tributs”. Todos os navios participarão dos exercícios militares conjuntos com a China, realizados no Mar Amarelo entre 22-27 de abril.
As manobras serão efetuadas nos quadros dos projetos da Organização de Cooperação de Xangai, cujos membros também são o Cazaquistão, Quirguistão, Tadjiquistão e Uzbequistão.segurança nacional

Arquivo do blog segurança nacional