sábado, 17 de março de 2012

Major Pricilla Azevedo, da PM do Rio, ganha Prêmio Internacional Mulheres de Coragem 2012


A Major Pricilla Azevedo, da Polícia Militar do Rio de Janeiro, é uma das dez vencedoras do Prêmio Internacional Mulheres de Coragem 2012, entregue pela secretária de Estado, Hillary Rodham Clinton, em Washington, DC, na última quinta-feira, 8 de março. A premiação teve como convidada especial a primeira-dama Michelle Obama, a embaixadora-geral para Assuntos Globais da Mulher do Governo dos EUA, Melanne Verveer, e outros dignitários americanos e estrangeiros. Entre as convidadas especiais deste ano estão Leymah Gbowee e Tawakkol Karman, ganhadoras do Prêmio Nobel da Paz de 2011. O evento foi realizado no Auditório Dean Acheson do Departamento de Estado dos EUA.

O prestigiado Prêmio Internacional Mulheres de Coragem, concedido pelo Departamento de Estado, reconhece anualmente mulheres do mundo todo que demonstraram liderança e coragem excepcional na defesa dos direitos e do empoderamento das mulheres, muitas vezes com grande risco pessoal. Desde o lançamento deste prêmio em 2007, o Departamento de Estado homenageou 46 mulheres de 34 países. 

Após a cerimônia de premiação, as Mulheres de Coragem iniciaram uma viagem para dez cidades americanas onde realizam atividades com contrapartes americanas por meio do Programa de Visitas de Líderes Internacionais – Bozeman (Montana), Cincinnati (Ohio), East Lansing (Michigan), Indianápolis (Indiana), Jackson (Wyoming), Cidade do Kansas (Missouri), Mineápolis (Minnesota), Pensacola (Flórida), St. Louis (Missouri), Salt Lake City (Utah) e Seattle (Washington). A visita das premiadas aos EUA teve início em 5 de março com uma parada em Pittsburgh.

.tecnodefesa..segurança nacional

Israel é cão que ladra e não morde, diz porta-voz do Parlamento do Irã


O Estado de Israel foi comparado a um cachorro que ladra e não morde pelo porta-voz do Parlamento do Irã, Ali Larijani, neste sábado, em relação às críticas ao programa nuclear iraniano. "Israel faz muito barulho sobre este assunto, mas não se atreve a atacar o Irã", disse ele. Larijani disse que "Israel se comporta como cães que ficam latindo, mas não atacam".
O porta-voz disse que Israel não cometeria o erro de atacar o Irã porque o país não estaria preparado para brincar com o próprio destino. Larijani foi o principal negociador nuclear do Irã e é extremamente leal ao regime do país. As informações são da Associated Press. segurança nacional

Brasil mantém pista da FAB na região da mobilização militar


Cenário: Roberto Godoy
O deslocamento de tropas é um movimento sério e complexo - 15 mil soldados nas fronteiras podem ser vistos como elemento de confrontação. O que ameniza a gravidade do quadro é sua origem, um ato bolivariano do ruidoso presidente Hugo Chávez. Mas a força mobilizada é poderosa: está equipada com os blindados russos de oito rodas BTR-80A, armados com canhão 30 mm e capazes de transportar de 7 a 11 combatentes equipados. São apropriados ao terreno de savana da divisa com o Brasil e a Guiana e à paisagem tropical da linha limite da Colômbia. Pelo ar, helicópteros Mi-35V - os "tanques voadores" -, blindados e artilhados. Na área, a aviação militar brasileira mantém uma pista em Caramambataí, Roraima. É uma posição estratégica, a apenas 6 km do território venezuelano e 6,5 km da Guiana. É um ponto a partir do qual, com radares móveis e aeronaves de combate, a FAB pode preservar a inviolabilidade do espaço aéreo e vigiar a vizinhança. O Exército planeja instalar no local, até 2015, um Pelotão de Fronteira, com cerca de 70 homens.
 Estado de S.Paulo segurança nacional

Arquivo do blog segurança nacional