terça-feira, 18 de outubro de 2011

Aspide 2000 -brasil Poderia Desenvolver Uma Versão Nacional Com O Sabre 2000

Brasil.. Poderia Desenvolver um sistema de defesa anti aerio na versão nacional do missil anti Radar da mectron
 ASPIDE 2000
conbinado com o sabre 200 Missil da Mectron anti radar

Celso Amorim se reunirá nesta quarta com Sarkozy em Paris


PARIS — O ministro brasileiro da Defesa, Celso Amorim, se reunirá nesta quarta-feira com o presidente francês, Nicolas Sarkozy, com quem poderá abordar o tema da compra dos caças Rafale, um dia depois de uma reunião com os ministros da Defesa e das Relações Exteriores da França.

Na terça-feira de manhã, Amorim se reunirá com o colega francês Gérard Longuet e depois se encontrará com o chanceler Alain Juppé.

Este encontro permitirá "reforçar o diálogo de Defesa com o Brasil e marcar a determinação da França de continuar compartilhando seu “savoir-faire”, sua experiência, sua alta tecnologia, conforme a ambição da nossa associação estratégica" bilateral, afirmou o porta-voz da chancelaria francesa, Bernard Valero.

"Entre os temas que (Amorim) revisará, provavelmente estará o assunto dos caças" Rafale, disse no Brasil uma fonte oficial que pediu para ter sua identidade preservada.
A França continua aspirando a vencer uma licitação milionária no Brasil para a venda de 36 aviões de combate Rafale, joia da coroa da construtora aeronáutica francesa Dassault Aviation, caça que está a serviço das Forças Armadas francesas, mas nunca foi vendido ao exterior.

Em 2009, durante visita oficial ao Brasil, Sarkozy anunciou publicamente que venderia as aeronaves supersônicas ao Brasil, mas as negociações foram suspensas ao fim do mandato de Lula e na chegada ao poder de sua sucessora, Dilma Rousseff.

Em julho, o antecessor de Amorim, Nelson Jobim, disse na França que uma decisão sobre a eventual compra dos Rafale havia sido adiada "até o começo de 2012".

Ao meio-dia de quarta-feira, Amorim se reunirá no Palácio do Eliseu com o presidente Sarkozy, antes de seguir para Cherburgo, na Normandia (noroeste da França), onde tem agendada uma visita a um estaleiro naval onde é construído um dos quatro submarinos convencionais da classe "Scorpene" que o Brasil comprou da França em 2009, no contexto do programa de cooperação bilateral.


No dia 02 de setembro, foi concluída a instalação, a bordo do Navio-Aeródromo (NAe) “São Paulo”, da versão online do Sistema de Informações Sobre o Tráfego Marítimo (SISTRAM), desenvolvido pelo Centro de Análises de Sistemas Navais (CASNAV).
O SISTRAM foi instalado em duas estações de trabalho distintas: uma localizada no Centro de Operações de Combate do Navio (COC-N), visando atender às necessidades do NAe “São Paulo”, e outra no Centro de Operações de Combate da Força (COC-F), para as demandas dos Comandos de Força embarcados nas comissões operativas.
O sistema já foi testado no mar, com sucesso, sendo a recepção de dados realizada pelo Sistema de Comunicações via Satélite (SISCOMIS). Nessa comissão, o NAe “São Paulo” e o Comando de Força embarcado (Comando da Primeira Divisão da Esquadra) tiveram a oportunidade de visualizar, em tempo real, todo o tráfego marítimo apresentando pelos sistemas interligados ao SISTRAM, dentre os quais destacam-se o LRIT (Sistema de Acompanhamento de Navios a Longa Distância), o AIS (Automatic Identification System) e o PREPS (Programa Nacional de Rastreamento de Embarcações Pesqueiras por Satélite).

Fonte: NOMAR

Arquivo do blog segurança nacional