sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Navio de Assistência Hospitalar “Soares de Meirelles” é incorporado à Marinha do Brasil

A Marinha do Brasil (MB) está recebendo mais um Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) para atender à população ribeirinha da Amazônia, o “Soares de Meirelles”. Sua incorporação à Armada da Marinha do Brasil será no próximo dia 23, às 10h, na Estação Naval do Rio Negro, em Manaus (AM). No evento, estará presente o Comandante da Marinha, Almirante-de-Esquadra Julio Soares de Moura Neto, e outras autoridades militares, estaduais e municipais.




Em agosto de 2010, a Marinha do Brasil e o Ministério da Saúde decidiram adquirir a embarcação “Ludovico Celani”, pertencente à W.A. Comércio e Transporte e Navegação Ltda, construída em 2008, pelo estaleiro de mesmo nome, na cidade de Manaus. Três meses depois, o navio foi denominado NAsH “Soares de Meirelles”, em homenagem a Joaquim Cândido Xavier Soares de Meirelles, Cirurgião-Mor da Armada e Patrono do Corpo de Saúde da Marinha. Após a sua incorporação, o navio passará por um processo de conversão a fim de adaptá-lo ao serviço naval e às atividades de assistência médico-hospitalar.



A aquisição do navio partiu de uma necessidade premente, identificada pelo Plano de Articulação e Equipamentos da Marinha do Brasil, de aumentar a quantidade de NAsH de três para cinco na Amazônia. O objetivo é ampliar, de forma quantitativa e qualitativa, a capacidade em prover atendimento médico e odontológico às populações ribeirinhas da região amazônica em parcerias com o Ministério da Saúde; Secretarias Estaduais de Saúde dos Estados do Acre, Amazonas, Pará, Roraima, Rondônia e Amapá; e Secretarias Municipais de Saúde.



O NAsH “Soares de Meirelles” ficará diretamente subordinado ao Comando da Flotilha do Amazonas e, juntamente com os NAsH “Osvaldo Cruz”, “Carlos Chagas” e “Doutor Montenegro”, contribuirá para a realização de atividades de Defesa Civil (operações humanitárias e catástrofes naturais), além de assistência médica e odontológica e ações cívico-sociais em benefício das populações ribeirinhas.



A tripulação do navio é composta por 44 militares, sendo quatro Oficiais e 40 Praças, e o Capitão-de-Corveta Rubinei dos Santos Silva será o seu primeiro Comandante.




Características do Navio:




ComprimentoTotal……………………………………………………………………………….63,00 m

Comprimento entre Perpendiculares………………………………………………………….55,72 m

Boca Moldada……………………………………………………………………………………. 12,00 m

Calado Carregado………………………………………………………………………………… 3,20 m

Deslocamento Carregado……………………………………………………….. cerca de 1.388,35 t

Deslocamento Leve…………………………………………………………………………….. 271,83 t

Velocidade máxima mantida……………………………………………………………………..12 nós

Raio de ação na velocidade de 12 nós…………………………………………………………500 MN

Propulsão e Governo:

Dois MCP fabricados por Yanmar (importados do Japão), modelo 6AYM-ETE, com potência de 610 kW cada, 1900 r.p.m., associados, cada um, a uma caixa redutora/reversora fabricada pela ZF do Brasil, com razão de redução de 5:1.

Geração e Distribuição de Energia Elétrica:

Dois grupos diesel-geradores principais (MTU-Cramaco), cada um com potência de 100 kVA, 220 V, 60 Hz


Os órgãos de imprensa, interessados em participar, poderão realizar o credenciamento no local Comando do 9º Distrito Naval Manaus, Rua Bernardo Ramos s/n – Centro, Manaus – AM. Mais esclarecimentos podem ser fornecidos pelo telefone (92) 2123-2253 (Tenente Glaucenira).

Arquivo do blog segurança nacional