terça-feira, 1 de junho de 2010

A Rússia poderá exportar 232 novos caças multmissão, avaliados em cerca de US$ 10 bilhões, entre os anos de 2010 e 2013, relatou nessa segunda-feira um instituto de pesquisa militar da Rússia. 
“Um total de 821 jatos de combate avaliados em US$ 53,3 bilhões serão vendidos no marcado mundial no período 2010-2013. A parte russa nesse período será de 19% das vendas em faturamento e 28,2% em quantidade,” informou um relatório do World Arms Markets Analysis Center baseado na Rússia.




O centro de pesquisas estima que as expostações de 175 caças da família Sukhoi estão avaliados em US$7,7 bilhões e 57 caças da família MiG estão avaliados em US$2,4 bilhões nos contratos existentes, contratos de produção sob licença ou negócios que estão próximos de serem fechados.



As vendas de armas russas foram avaliadas em cerca de US$ 8,5 bilhões no ano passado, inlcuindo US$ 7,4 bilhões através das exportações da estatal russa Rosobornexport, das quais as vendas aumentaram cerca de 10% a cada ano.



As vendas de aeronaves de combate constituem a base das exportações de armas da Rússia, a qual espera impulsionar as vendas de armas em 12% em 2010 e continuar crescendo nessa taxa no futuro.



Os principais clientes de armas da Rússia são: Índia, Argélia, China, Venezuela, Malásia e Síria. O Vietnã também surgiu umo um importador chave após ter assinado um acordo para compra de submarinos, aeronaves e outros equipamentos militares da Rússia no ano passado.



Fonte: RIA Novosti – Tradução: Cavok

Arquivo do blog segurança nacional