sábado, 21 de outubro de 2017

EUA dão 'sinal verde' para cooperação com Rússia sobre Coreia do Norte

Os EUA estão dispostos a cooperar com a Rússia para resolver a crise na Síria e a situação da Coreia do Norte. A declaração é da porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, nesta sexta-feira (20).
"Vamos seguir tentando trabalhar com a Rússia sobre segurança nacional, e aspectos sobre a Síria e a Coreia do Norte; queremos trabalhar com eles nisto", disse Sanders em uma coletiva de imprensa. 
A porta-voz acrescentou que a relação entre os EUA e a Rússia depende da política adotada por Moscou. 
"Como declarei anteriormente, muito depende da Rússia e de qual relação que eles querem ter. Se eles querem ser um ator bom ou mau", disse.
Ao responder sobre como o presidente Donald Trump vê a Rússia, Sanders afirmou que os EUA se preocupam com a "interferência da Rússia" nas eleições norte-americanas em 2016. 
Moscou repetidamente negou tais acusações. O porta-voz do presidente russo, Dmitry Peskov, afirmou que as alegações sobre a interferência russa nas eleições dos EUA são "absolutamente infundadas".
NOTA SNB Boa tarde caro leitor não sabemos ser esta noticia e falsa ou verdadeira mais tenho certeza de uma coisa a Russia deu um show nos EUA na síria acabou com os terrorista do  Daesh Agora isto e verdade ou mentira tem todo tipo de guerra hibrida ate mesmo de editoria jornalista de site comprados pelos EUA 

Coreia do Sul possui super-plano para destruir exército norte-coreano no caso de guerra

O Exército da Coreia do Sul afirma que pode neutralizar os potentes sistemas de artilharia norte-coreana no caso de uma guerra entre ambos os países, informa o RT.
No caso de um conflito armado na península da Coreia, a Coreia do Sul enfrenta o risco de sofrer um enorme número de vítimas, tendo em conta os milhares de peças de artilharia que Pyongyang instalou ao longo da fronteira entre os dois países. As estimativas mais pessimistas sugerem que mais de 100 mil pessoas possam morrer só durante as primeiras 48 horas, informa o RT.
Um relatório apresentado nesta quinta (19) pelo Exército da Coreia do Sul inclui um plano de ataque com mísseis de três etapas, que deverá ser aplicado na fase inicial de um conflito armado com o objetivo de destruir a artilharia de Pyongyang, informa a agência Yonhap
Os comandantes do Exército revelaram que, em primeiro lugar, pretendem utilizar um míssil tático terra-terra (KTSSM) batizado de "assassino de artilharia" para atacar o armamento camuflado ao longo da zona desmilitarizada e deslocado nas ilhas fronteiriças. 
Os KTSSM vão atingir os túneis inimigos equipados com obuseiros autopropulsados de 170 mm e lança-foguetes múltiplos de 240 mm" indica o relatório sul-coreano. Esta mesma arma vai ser utilizada para atacar as instalações de mísseis SCUD norte-coreanas, bem como os seus lançadores de 300 mm.
Além disso, o Exército sul-coreano está tentando adquirir mísseis balísticos mais potentes, conhecidos como Hyunmoo-IV, para tentar acabar com a liderança norte-coreana. 
As Forças Armadas da Coreia do Sul também estão pressionando o governo para conseguir uma plataforma defensiva de três eixos contra as ameaças e provocações do Norte: o sistema de ataque preventivo Kill Chain, a Defesa Aérea e Antimíssil Coreana (KAMD em inglês) e o Plano de Repressão e Punição em Massa (KMPR em inglês). 

Imagens de criatura muito estranha na Malásia 'incendeiam' Internet (FOTOS)

A suposta cria de um animal com marcados traços humanos, que teria sido encontrada nas florestas da Malásia, infundiu o terror àqueles que viram as fotos inquietantes, informa o RT.
A Polícia da Malásia teve que determinar os fatos em torno da alegada descoberta nas florestas do estado de Pahang de uma criatura com traços humanos depois que as imagens assustadoras se espalharam pelas redes sociais e chamaram a atenção de todo o mundo.
A imagem pode conter: 1 pessoa
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, grama, planta, atividades ao ar livre e natureza
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

40



O chefe da polícia do estado, Datuk Rosli Abdul Rahman, assegurou que as fotos da criatura são falsas e que, com toda a probabilidade, a origem das imagens foi a própria Internet. A mídia local divulgou a informação policial em 13 de outubro, informa o RT.
"As verificações revelaram que as imagens foram baixadas da Internet e depois compartilhadas nas redes sociais, se afirmando que foram feitas em Pahang", assegurou o representante das autoridades citado pelo jornal da Malásia News Straits Times.
Afinal, a criatura assustadora que supostamente vive nas florestas da Malásia era um homem-lobo de silicone, um brinquedo vendido em uma loja online.

O sucessor do Minuteman

FN SCAR H/L: SERÁ ESTE O FUZIL DO FUTURO!? (SORTEIO CHEGANDO!

"Não estamos conseguindo abastecer o exército na Amazônia!", Tenente-Brigadeiro Rossato

A arma norte-coreana do Juízo Final

Arquivo do blog segurança nacional