Wikipedia

Resultados da pesquisa

quinta-feira, 13 de março de 2014

O EXÉRCITO RUSSO TERÁ UM PÁRA-QUEDAS ÚNICO QUE PERMITE SALTAR ATÉ À ALTURA DE 50 METROS.

O número de pessoas que assistem no campo de vôo ao teste do pára-quedas é descomunalmente pequeno. Em vez de uma dezena de pára-quedistas, no avião embarcou uma única pessoa. Vladimir Nesterov, que já fez 13 mil saltos de pára-quedas, entre os quais quase 4 mil foram saltos de teste. Também desta vez a cúpula que está atrás dos seus ombros é o exemplar único do novo pára-quedas D-10P.
Normalmente o espaço de tempo que se passa entre o momento de decolagem e o momento de salto é igual a alguns minutos. Mas o avião com Nesterov a bordo decolou, fez uma virada e logo a seguir no céu surgiu uma cúpula. A altura do salto é tão somente 150 metros.
Mas o novo pára-quedas permite fazer saltos também de altura muito menor. Os testes efetuados com manequins, demonstraram que este pára-quedas permite saltar até à altura de 50 metros. Neste caso a descida continua menos de cinco segundos e se algo der errado,  não haverá tempo para o uso do pára-quedas de reserva. Por isso, enquanto os testes não forem concluídos, os saltos serão efetuados a partir de uma altura maior.
Hoje no mundo não existem análogos deste pára-quedas. O mínimo que mesmo os sistemas mais modernos exigem é 150 metros. Para os chamados base jumpers (amadores dos esportes extremos que saltam de objetos imóveis), a altura de 50 metros é muito pequena. Aliás, o pára-quedas D-10P é destinado não para eles, mas para o exército e para as unidades de socorristas. Se o desembarque é feito da altura muito baixa, o inimigo simplesmente não terá tempo para reagir e abrir fogo. E quanto aos socorristas, eles podem pousar bem perto dos que necessitam da sua ajuda, independentemente das condições do tempo.
A estrutura deste pára-quedas não tem nada de complicado, revela o pára-quedista de provas Vladimir Nesterov.
“Antes de saltar, fixamos o gancho de segurança na corda, que se encontra dentro do avião. Quando o pára-quedista salta, o cabo se tende e abre a cúpula do pára-quedas.”
Anteriormente, durante o salto abria-se em primeiro lugar o pequeno pára-quedas de estabilização. Agora os engenheiros retiraram-no. Aparentemente tudo é simples, mas isso é só à primeira vista, pois sem esta peça o pára-quedista dificilmente pode tomar a posição correta e os cabos podem entrelaçar-se na cúpula. Por isso, os engenheiros russos desenvolveram um tipo totalmente diferente de arrumação do pára-quedas no saco.
Ao par do pára-quedas D-10P, foi desenvolvida uma outra modificação – o D-12, cuja cúpula tem a forma de folha de uma planta, diz Mikhail Kuzyuk, diretor geral da companhia Rostekhnologii (Tecnologias da Rússia), que desenvolve estes pára-quedas.
“O D-10 é calculado para um peso 140 quilogramas, isto é, para o peso máximo possível no caso do desembarque aéreo. O modelo D-12, para 160 quilogramas. A velocidade deste pára-quedas é menor. A velocidade do pára-quedas D-10 é 5 metros por segundo, enquanto que do D-12, 4,5 metros por segundo. Este pára-quedas permite fazer o voo planado horizontal, além disso, a virada pode ser feita muito mais rapidamente.”
Tudo isso foi alcançado graças à forma incomum da cúpula e novos materiais, de que ela é feita. De acordo com os planos, os testes dos novos pára-quedas serão concluídos dentro de dois anos. Depois disso eles serão fornecidos as forças armadas.
SEGURANÇA NACIONAL BLOG,SNB

EUA começa exercícios Marinha em Mar Negro perto de Crimea

RIA Novosti) - Um destróier da Marinha dos EUA começou quarta-feira exercícios conjuntos com navios de guerra romenos e búlgaros no mar Negro, a cerca de 130 milhas da Crimeia, a agência de notícias Reuters.
A missão foi citada pela Casa Branca na semana passada como um sinal do compromisso dos Estados Unidos para a região em meio a contínuaturbulência na Ucrânia - que também faz fronteira com o Mar Negro - que ameaça dividir o país à parte.
Os exercícios, que ocorrem em águas territoriais romenos, foram programadas para começar terça-feira mas foram adiados devido a condições climáticas adversas.
O USS Truxtun, um Arleigh Burke-class destroyer, foi enviado na semana passada de seus deveres como acompanhante no grupo transportadora liderada pelo USS George HW Bush, que faz parte de os EUA 6 Frota com sede em Itália.
Costa da Roménia é tão perto quanto 130 milhas (220 quilômetros) a península da Criméia da Ucrânia, onde as tropas falta insígnia oficial mas portando armas e vestindo uniformes do exército russo apreenderam infraestrutura de chave e bases militares nas últimas semanas.
governo da Criméia declarou a independência terça-feira à frente de um referendo marcado para domingo sobre a questão da anexação pela Rússia.
SEGURANÇA NACIONAL BLOG SNB 

Militar russo para implantar Segurança Bots em bases de mísseis

RIA Novosti) - A Rússia está planejando implantar robôs de segurança móvel em 2014 para proteger as suas instalações de mísseis estratégicos, o Ministério da Defesa, disse quarta-feira.
"Em março, as Forças de Mísseis Estratégicos da Rússia [RVSN] começou a testar sistemas robóticos móveis sendo desenvolvidas para proteger as instalações principais RVSN", disse o porta-voz major Dmitry Andreev.
Andreyev disse que os bots de segurança será implantado em cinco locais de lançamento de mísseis balísticos em torno da Rússia, como parte de uma atualização para os sistemas de segurança automatizados existentes.
O oficial disse que os robôs vão realizar missões de reconhecimento e patrulha, detectar e destruir alvos fixos ou móveis e fornecer apoio de fogo para o pessoal de segurança nas instalações vigiadas.
Plataformas robóticas móveis desempenham um papel cada vez mais importante em aplicações militares e de segurança, ajudando o pessoal para enfrentar os desafios colocados pela crescente ameaça de ataques terroristas ou "guerra de guerrilhas".
SEGURANÇA NACIONAL BLOG SNB

Arquivo do blog segurança nacional