Wikipedia

Resultados da pesquisa

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Brasil vai começar a produzir drones em 2014

fabricantes de aeronaves não tripuladas. Murphy Systems, uma empresa criada por uma parceria de AEL Sistemas (subsidiária brasileira da Elbit Systems), Embraer e Avibras trabalhado protótipo do primeiro de âmbito nacional UAV Falcão, e sistemas de controle automatizado dessas aeronaves. Acordo com um relatório no site CartaCapitalbrasileira.
Intenção da joint venture, segundo a Embraer, é posicionar Murphy Manufacturers Association "aviões telecomandados Brasil". Como em outras áreas, a Embraer pretende marcar uma posição no mercado global de aviões de controle remoto (Sarp), estimada em 6,5 bilhões de dólares por ano.
Com esses planos ambiciosos, Murphy criou no âmbito da Estratégia Nacional de Defesa para ajudar a indústria brasileira em UAVs e desenvolvimento de novas tecnologias - alguns deles foram transferidos pela Elbit Systems, líder mundial no campo.
De acordo com a Embraer, Murphy pode desenvolver SARP pequena, mas concentra esforços na criação de aeronaves de médio e grande porte (mais de 228 kg / £ 500) para atender às necessidades do Exército do Brasil, seu principal cliente. Sociedade procura, portanto, desenvolver Sarp capaz de realizar "tarefas inteligência, vigilância, aquisição de alvos e reconhecimento. "
Entre os produtos de Murphy é o protótipo do VANT Falcão, desenvolvida pela Avibras, incluindo "Arquitetura de sistemas de controle, navegação, pouso e decolagens totalmente automatizadas." O projeto foi financiado pelos recursos do Exército, Força Aérea e Marinha. devido à possibilidade de uso particular, a joint venture também pretende investir neste mercado que está crescendo. Este exigências do mercado se concentrar em UAVs e monitoramento e controle ambiental, bem como de energia, petróleo e agricultura. No entanto, o uso civil de aeronaves não tripuladas, ainda precisa ser regulamentada para uma regulamentação adequada. operações de drones israelenses no Brasil começou há vários anos, . Quando há pelo menos dois drones que operam no país desde 2011 Nesse mesmo ano, o país assinou um acordo de 350 milhões de dólares com Israel para a produção de drones sobre a transferência total do solo brasileiro de tecnologia - um dos contratos foi com a indústria aeroespacial e mais tarde com a Elbit Systems. O objetivo do acordo era para exportar essas 
ferramentas, mas Israel vetou a venda dessa tecnologia para países como Venezuela e Bolívia.
SEGURANÇA NACIONAL BLOG,,SNB                                                                           

Arquivo do blog segurança nacional