Wikipedia

Resultados da pesquisa

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Nave espacial chinesa entra na órbita da Lua

A nave espacial chinesa Chang'e-3 com um rover lunar a bordo entrou em órbita do satélite natural da Terra, informou o centro de controle da missão em Pequim.

O dispositivo, que transporta o primeiro rover chinês, batizado de Yutu (Coelho de Jade), foi lançado na passada segunda-feira à noite a partir do cosmódromo de Xichang, no sudoeste do país. A Chang'e-3 deve realizar um pouso suave na superfície lunar em meados deste mês.

Exército russo irá testar drone árabe (vídeo)

Em fevereiro de 2014, os Emirados Árabes Unidos fornecerão à Rússia para testes um veículo aéreo não tripulado (VANT) United 40. Os dois países assinaram um acordo preliminar sobre a possível compra de um lote experimental desses drones.

Se o United 40 satisfazer os requisitos dos militares russos, pode-se esperar que a produção destes sistemas seja implantada no território da Rússia.
O United 40 Block 5 é um VANT de combate de média altitude e grande autonomia de voo. O comprimento do aparelho supera 11 m, a envergadura da asa é de 20 m. A arma principal são mísseis guiados de classe ar-superfície. A versão naval do VANT é capaz de transportar torpedos.

Suécia ajudou EUA na espionagem de líderes russos

Da Agência Estado

A Suécia ajudou os serviços de inteligência americanos a espionar os líderes russos, informou o canal público sueco SVT, com base em documentos revelados pelo ex-consultor da Agência Nacional de Segurança (NSA) americana Edward Snowden.
Os documentos destacam que a NSA considera a Autoridade de Rádio Defesa (FRA) sueca uma "aliada principal" na vigilância das telecomunicações e da internet, principalmente da Rússia.
"A FRA proporcionou à NSA uma coleção única de objetivos russos de alta prioridade", afirma um documento com data de 18 de abril de 2013 e repassado ao SVT pelo jornalista americano Glenn Greenwald, que divulgou os detalhes de vários arquivos da NSA vazados por Snowden.
Fredrik Wallin, porta-voz da FRA, se negou a confirmar que a Suécia espionou dirigentes russos e disse que a sugestão de que a Suécia teve um papel principal é algo "muito lisonjeiro".
O ministro da Defesa sueco, Karin Enstroem, disse ao SVT que não é surpreendente que o país coopere com outros serviços de inteligência.
"A Suécia trabalha sua segurança ao lado de outros", declarou.
"Mas os países e os métodos que utilizamos não são informação pública", completou.a", completou.
SEGURANÇA NACIONAL BLOG,,,SNB

Arquivo do blog segurança nacional