Wikipedia

Resultados da pesquisa

domingo, 9 de dezembro de 2012

NASA anuncia novo robô e missão tripulada a Marte


Robôs e humanos
A agência espacial norte-americana anunciou um programa em duas etapas para o envio de uma missão tripulada a Marte.
Em 2020 será enviado um novo robô, similar ao Curiosity, que está explorando o planeta vermelho desde Agosto deste ano.
O novo robô científico deverá levantar as informações necessárias para que uma missão possa levar os astronautas a Marte em 2030.
As duas etapas representam o ápice de um programa em pleno andamento, com várias missões planejadas entre hoje e 2020.
MAVEN - 2013
A sonda espacial MAVEN, que está quase pronta para ser lançada no ano que vem, deverá estudar a atmosfera superior de Marte.
MAVEN é uma sigla para Mars Atmosphere and Volatile EvolutioN - evolução da atmosfera e ambientes voláteis de Marte.
Um dos seus principais objetivos é descobrir para onde foram osoceanos que parecem ter coberto Marte no passado.
InSight - 2016
A missão InSight usará um robô fixo para estudar o interior do planeta.
InSight é uma sigla para Interior Exploration using Seismic Investigations, Geodesy and Heat Transport, exploração do interior [de Marte] usando pesquisas sísmicas, geodésia e transporte de calor.
ExoMars - 2016 e 2018
Esta é na verdade uma missão da Agência Espacial Europeia (ESA), que a NASA quase abandonou no início deste ano.
A participação da NASA se limitará ao fornecimento dos sistemas de telecomunicação para a sonda orbital que será lançada em 2016, e um instrumento de astrobiologia para o robô, que será lançado em 2018.
Astronautas em órbita de Marte
A decisão para enviar um novo robô a Marte foi tomada depois do sucesso dosistema de pouso do Curiosity, que se mostrou eficiente para levar um robô de quase uma tonelada e do tamanho de um carro.
Isso vai baixar muito os custos da missão, que terá apenas atualizações tecnológicas mínimas - além, é claro, de um novo conjunto de equipamentos científicos, estes sim, totalmente atualizados.
Já a missão tripulada de 2030 servirá para estudar os desafios da primeira viagem interplanetária humana.
Os astronautas não deverão pousar em Marte, apenas permanecendo em órbita, para que todos os esforços se concentrem nos equipamentos necessários à manutenção da vida em um ambiente totalmente diferente do "casulo" protetor da Terra.
SEGURANÇA NACIONAL BLOG

O Horus 200


O Horus 200 é um produto projetado para ser utilizado em aplicações típicas de Inteligência, Comando e Controle (IC2), de médio alcance, realizadas por regimentos, brigadas ou divisões.
O sistema Horus-200 é baseado no FS-01 Watchdog.
O FS-01 Watchdog representa uma família de aeronaves entre 70 e 250 kg, com capacidade de 20 a 70 kg de carga útil. Normalmente operado através do shelter de comando e controle, possibilita a disseminação de informações em tempo real. É operado em pistas, com opção para lançamento catapultado e recolhimento vertical.
Aplicações típicas incluem a busca, identificação e determinação de posição de alvos de Artilharia, além da avaliação de danos, bem como a Vigilância e o Monitoramento de grandes áreas.O Horus 100 é um produto projetado para ser utilizado em aplicações típicas de Inteligência, Comando e Controle (IC2) de curto alcance realizadas por pelotões, companhias ou até batalhões.
O sistema Horus-100 é baseado no FS-02 AvantVision. Uma aeronave de lançamento da mão e recolhimento vertical totalmente autônoma. O sistema é carregado nas costas e operado por duas pessoas.
Tem a capacidade de disseminar informação de áudio, vídeo e posicionamento, em tempo real, através de suas unidades de recepção individual. Aplicações típicas envolvem desde busca de alvos de Artilharia e auxílio ao deslocamento de Infantaria e Cavalaria, passando por Operações Especiais e Contra-terrorismo, Reconhecimento Policial Urbano, até a Vigilância Perimetra
flighttech.com.br...SEGURANÇA NACIONAL BLOG

Navios militares do Irã chegaram no Sudão


Um contratorpedeiro e um porta-helicópteros do Irã chegaram no Sudão.

Esta é já uma segunda visita de navios militares registrada nos últimos tempos no Sudão. Dois navios iranianos tinham fundeado no Porto do Sudão no passado mês de outubro após o bombardeio de uma fábrica de armas de Cartum, capital sudanesa.
O Sudão tinha então acusado Israel da autoria do bombardeio. Tel Aviv não confirmou, nem desmentiu essas alegações, mas acusou, por sua vez, o Sudão de favorecer o fornecimento de armas aos grupos radicais islâmicos Hamas e Hizballah.
SEGURANÇA NACIONAL BLOG

Irã afirma que é espiado por drones azerbaijano-israelenses


Segundo a mídia iraniana, citando os serviços secretos do país, a fronteira entre o Irã e o Azerbaijão é permanentemente sobrevoada por drones-espiões de fabrico israelense pertencentes ao Azerbaijão.

Em simultâneo, um porta-voz do comando do Corpo dos Guardiões da Revolução Islâmica, anunciou que no próximo dia 10 de dezembro serão divulgadas novas informações sobre o drone americano que Teerã diz ter abatido enquanto estava cumprindo uma missão de espionagem.
SEGURANÇA NACIONAL BLOG

Arquivo do blog segurança nacional