Wikipedia

Resultados da pesquisa

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Sol deixa escapar intensa protuberância


Uma intensa protuberância de plasma escapou do Sol em 22 de outubro; os astrônomos deram à protuberância a classe M5 (na escala de 1 a 10).

As partículas do plasma podem atingir a Terra aproximadamente três dias depois de terem saído ao Espaço. Neste caso, poderão influir fortemente sobre a magnetoesfera do nosso planeta, provocando fenômenos espaciais diversos, nomeadamente tormentas magnéticas, perturbações no funcionamento de equipamentos elétricos e a deterioração da disseminação das rádio-ondas.
Os pesquisadores têm detectado ultimamente um aumento do número de explosões no Sol, o que se deve à fase ativa do astro. O pico dessa atividade se espera que seja em 2013, o que preocupa os estudiosos
SEGURANÇA NACIONAL BLOG

Sudão acusa Israel por ataque aéreo contra fábrica de armas


ULF LAESSING E KHALID ABDELAZIZ - Reuters
O Sudão acusou Israel na quarta-feira de realizar ataques aéreos contra uma grande fábrica de armamentos em sua capital Cartum que matou duas pessoas. Os Ministérios de Defesa e Relações Exteriores de Israel não quiseram comentar.
O Sudão, que analistas dizem ser usado como rota de contrabando de armas para a Faixa de Gaza, controlada pelo Hamas, via Egito, culpou Israel por este tipo de ataque no passado, mas Israel sempre recusou comentar ou disse que não iria admitir ou negar o envolvimento.
Um enorme incêndio começou na noite de terça-feira na fábrica de armas Yarmouk, no sul de Cartum, que foi atingida por várias explosões, segundo testemunhas. Bombeiros precisaram de mais de duas horas para extinguir o incêndio na principal fábrica de munição e armas de pequeno porte do Sudão.
"Quatro aviões militares atacaram a fábrica Yarmouk...Nós acreditamos que Israel está por trás (dos ataques)", disse o ministro de Informação, Ahmed Belal Osman, a repórteres, acrescentando que os aviões pareciam ter se aproximado do local vindos do leste.
"O Sudão reserva o direito de revidar o ataque contra Israel", disse ele, afirmando que dois cidadãos haviam sido mortos e que a fábrica foi parcialmente destruída.
O governador do Estado de Cartum havia descartado inicialmente qualquer motivo externo pelas explosões, porém autoridades mostraram mais tarde para jornalistas um vídeo do local. Uma enorme cratera podia ser vista ao lado de dois prédios destruídos e o que parecia ser um foguete caído no chão.
Osman disse que uma análise dos destroços do foguete e outros materiais no chão mostrou que Israel estava por trás do ataque.
Em maio, o governo do Sudão informou que uma pessoa havia morrido após um carro explodir na cidade de Port Sudan, no leste do país. Acrescentou que a explosão parecia uma outra no ano passado pela qual culparam um ataque aéreo israelense.
SEGURANÇA NACIONAL BLOG

Uma guerra no deserto


Gilles Lapouge - O Estado de S.Paulo
A solidão do Saara é infinita, seu silêncio de início do mundo, sua paz e suas areias, seu céu cristalino, todas essas paisagens por tanto tempo protegidas contra os furores da história serão maculadas por uma das guerras das quais se alimenta o nosso século? Tudo está pronto para o horror. No coração do deserto, a região norte do Mali (cuja capital é Bamako) caiu há alguns meses nas garras dos islamistas. Firmemente instalados na região de Gao e da cidade sagrada de Timbuctu, eles impuseram há alguns meses a ordem do terror. A sharia governa a sociedade. Ela fustiga, lapida, corta os braços ou as pernas daqueles, principalmente daquelas, que desafiam proibições da afetação da virtude. Os túmulos dos santos muçulmanos, numerosos em Timbuctu, foram demolidos, indubitavelmente porque esses santos não eram suficientemente santos.
Quem são esses vingadores? No início, os primeiros sobressaltos foram estritamente políticos - os tuaregues, que habitam essas regiões áridas, levantaram-se para obter a independência. Mas logo em seguida esses combatentes foram sufocados e suplantados por dois grupos islamistas: de um lado a Al-Qaeda local; do outro lado, os integrantes do Mujao (Movimento pela Unidade e a Jihad na África Ocidental).
São bandos poderosos. Seus guerreiros são muito bem treinados, resolutos, corajosos. Eles exercem um fascínio sobre os fanáticos do Islã. A cada dia, novos voluntários chegam às centenas da África ou da Ásia. Poderiam invadir sem problemas o sul do Mali e Bamako.
Os países vizinhos são fracos e indecisos. Não têm condições de fazer frente a essas milícias das areias. Por outro lado, o Ocidente hesita há muito tempo. A França, por exemplo, que ali se encontra em suas antigas prerrogativas imperiais, teme que uma iniciativa de sua parte seja entendida por toda a África como um resquício de neocolonialismo. Além disso, as brigadas da Al-Qaeda detêm seis reféns franceses, que serão mortos se a França entrar na guerra.
Os EUA também compreenderam que não é possível aceitar que a sharia reine na África. Portanto, deverá ser montada uma operação liderada pelos próprios africanos, em janeiro, com o apoio logístico da França e dos EUA. Como sempre, podemos imaginar que algumas forças especiais francesas ou americanas agirão no terreno, mais ou menos secretamente.
Um país desempenha um papel crucial, a Argélia, à qual pertence a maior parte do Saara, mas que há muito tempo rejeitou um envolvimento nesse cenário. Por outro lado, a Al-Qaeda detém vários reféns argelinos (diplomatas de alto escalão) que serão sacrificados no primeiro incidente. E, finalmente, a Argélia não quer mais que potências estrangeiras interfiram nos assuntos do Saara que ela mantém como seu "quintal".
Não se deve subestimar a nocividade da gente de Timbuctu: eles são milhares e decididos. São profissionais do crime mais do que da oração. Ao redor desses "religiosos", agruparam-se bandidos de larga experiência, cortadores de gargantas, gente que gosta de sangue, da morte ou do suplício. Uma ação contra os profanadores das tumbas seria também uma operação contra uma mescla de gângsteres insanos: alerta vermelhos
SEGURANÇA NACIONAL BLOG

A DCI - NAVFCO e o treinamento dos brasileiros para os novos submarinos franceses


A área de treinamento militar internacional da França é organizada sob uma organização conhecida como Defense Conseil International. Cada uma das três forças e a DGA - Direction General de l`Armament – tem sua própria área de treinamento sob a DCI. A ligada à Marinine Nationale se chama NAVFCO.
Em relação ao Brasil é a NAVFCO que coordenta o treinamento dos militares e profissionais ligados ao nosso programa de submarinos. Segundo o apresentador estão sendo treinados pessoas que voltarão posteriormente ao Brasil para replicar o treinamento recebido por lá. Os 45 militares da primeira tripulação dos S-BR (os submarinos convencionais brasileiros derivados dos Scorpène básico) serão treinadas em um simulador instalado no Brasil durante o período de 18 meses que antecede os testes de mar do primeiro submarino convencional. Isto está previsto para ocorrer em meados de 2015. Apenas os níveis mais altos da tripulação terão que ter experiência previa nos submarinos atuais, uma vez que muitos dos operadores (praças) iniciarão suas carreiras diretamente nos S-BR.
A Euronaval está programada para ocorrer do dia 22 ao 26 de outubro e ALIDE estará presente.
SEGURANÇA NACIONAL BLOG

Grupo iraniano de informática militar está entrincheirado no Líbano


O centro secreto do Irã para a realização de ataques informáticos se encontra no quartel subterrâneo das forças de segurança do Hezbollah em Beirute, informou o portal DEBKAfile citando fontes nos serviços de informações.

Os hackers que atacaram recentemente bancos estadunidenses e empresas petrolíferas da Arábia Saudita, assim como os elementos que controlavam o drone iraniano que violou o espaço aéreo de Israel no dia 6 de outubro, trabalham precisamente nesse centro.
Os peritos em espionagem eletrônica explicam que Teerã utiliza o Líbano como base para o seu centro de combate informático em primeiro lugar – para camuflar a origem dos ataques virtuais e desviar do Irã as acusações e, em segundo lugar – porque as instalações doHezbollah estão protegidas de infiltrações eletrônicas por sistemas excecionalmente eficazes.
SEGURANÇA NACIONAL BLOG

SATÉLITE - Governo não aceita EMBRAER ser só gestora do contrato

São Paulo - A definição do nível de exigência de absorção de tecnologia é o principal ponto ainda em discussão no governo que impede a concretização do contrato entre Telebras e Visiona, joint-venture com a Embraer que será responsável pela contratação do fornecedor para o Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicação (SGDC).
 
Segundo apurou este noticiário, essas exigências farão parte de um dos anexos do contrato entre a Telebras e a Visiona, assim como os requisitos de missão (documento que contém as características técnicas do satélite), que foi elaborado pela PUC/Rio. O contrato conterá ainda um cronograma do processo de compra.

O secretário de telecomunicações do Ministério das Comunicações, Maximiliano Martinhão, se reuniu na última quinta-feira, 18, com técnicos da Casa Civil para tratar dos detalhes do contrato entre as empresas, especialmente os requisitos de absorção tecnológica.

Segundo uma fonte que participa das negociações, existe a chance de haver exigência de transferência de tecnologia, e não apenas absorção.

Apenas depois de assinado o contrato entre Telebras e Visona é que esta última poderá soltar uma Request for Proposal (RFP) para a contratação do fornecedor do artefato (satélite).

Com o atraso nas definições, fica cada vez mais improvável que o satélite seja lançado até 31 de dezembro de 2014, como determinou o governo. Fontes ouvidas por este noticiário estimam em 15 dias o tempo para que as empresas assinem o contrato.
SEGURANÇA NACIONAL BLOG

Nave Soyuz é lançada em direção à ISS com 3 tripulantes

Moscou - Com três astronautas a bordo, dois russos e um americano, a nave espacial russa Soyuz TMA-06M foi lançada na manhã desta terça-feira a partir da base cazaque de Baikonur com destino à Estação Espacial Internacional (ISS).Segundo o Centro de Controle de Voos Espaciais (CCVE) da Rússia, a nave foi lançada às 8h51 (de Brasília) com a ajuda de um foguete portador Soyuz-FG, uma operação que foi realizada com sucesso e sem contratempos, informaram as agências russas.
A tripulação da Soyuz TMA-06M, composta pelos cosmonautas russos Oleg Novitski e Oleg Tarelkin e pelo astronauta americano Kevin Ford, completará uma missão de 148 dias a bordo da plataforma orbital.
Para Novitski e Tarelkin, que realizarão mais de 50 experimentos científicos durante sua permanência na ISS, este é o primeiro voo ao espaço. Já Ford, por outro lado, esteve na plataforma orbital em agosto de 2009, quando pilotou a nave espacial Discovery na missão STS-128 à ISS.
Durante seus quase cinco meses de estadia na plataforma, entre outras funções, a tripulação receberá quatro cargueiros russos Progress e um europeu ATV-4, os quais levarão oxigênio, alimentos e combustível.
O acoplamento da nave russa com a ISS está programado para ocorrer nesta quinta-feira. Segundo o plano de voo, a Soyuz TMA-06M se conectará ao módulo Poisk, um segmento russo da plataforma.
Atualmente, Estação Espacial Internacional conta com três tripulantes: a americana Sunita Williams, comandante da missão, o russo Yuri Malenchenko e o japonês Akihiko Hoshide.
A ISS é um projeto que conta com a participação 16 países e que tem um custo estimado em US$ 100 bilhões. 
SEGURANÇA NACIONAL BLOG

Brasil investirá R$ 162 mi na compra de navio de pesquisa

Rio de Janeiro - O governo anunciou nesta segunda-feira que investirá R$ 162 milhões na compra de um navio de pesquisa oceanográfica de alta tecnologia graças a um acordo firmado com a Petrobras e a Vale.Segundo o Ministério de Ciência e Tecnologia, o navio oceanográfico, que será incorporado à frota brasileira em 2013, "estará entre as cinco melhores plataformas de pesquisa do mundo".
Além do investimento de R$ 70 milhões da Petrobras e de R$ 38 milhões da Vale, o Ministério de Ciência e Tecnologia e a Marinha de Guerra deverão investir mais R$ 27 milhões por cada órgão.
"O novo navio de pesquisa hidroceanográfico será equipado com o que há de mais avançado em tecnologia de experimentação marinha", informou o Ministério de Ciência e Tecnologia em comunicado.
Com o anúncio desta aquisição, o governo nacional pretende ampliar a infraestrutura dos estudos marítimos, a geração de conhecimentos sobre as águas do país e a formação de recursos humanos em uma área considerada estratégica para o Brasil.
O interesse do Brasil no Atlântico aumentou significativamente desde que Petrobras descobriu reservas no pré-sal, fato que pode transformar o país em um dos maiores exportadores mundiais de petróleo.
Com a ajuda da embarcação, os pesquisadores poderão fazer estudos nas áreas de química, geologia, biologia e física marinha, segundo o governo.
No entanto, a prioridade "será um inventário dos recursos minerais e de bioprospecção em águas brasileira", um estudo que é de interesse tanto da Petrobras como da Vale.
Atualmente, o Brasil conta com quatro navios que podem ser usados em estudos oceanográficos e polares por pesquisadores de diferentes universidades e centros científicos do país.
Três destas embarcações são operadas pela Marinha: o Navio Hidroceanográfico Cruzeiro do Sul, para estudos oceanográficos, e o Navio Polar Almirante Maximiano e o Navio Oceanográfico Ary Rangel para a realização de pesquisas na Antártida.
A quarta embarcação oceanográfica brasileira é a Alpha Crucis, recentemente adquirida pela Universidade de São Paulo (USP). 
Exeme SEGURANÇA NACIONAL BLOG

Arquivo do blog segurança nacional